Publicidade

CONTANDO COM APENAS UM ATLETA CORUPAENSE, EQUIPE DE BOLÃO 23 TRAZ OURO PARA CASA

CONTANDO COM APENAS UM ATLETA CORUPAENSE, EQUIPE DE BOLÃO 23 TRAZ OURO PARA CASA

A base da equipe foi formada com ex-atletas de Blumenau

A edição deste ano dos Jogos Abertos de Santa Catarina trouxe um saldo positivo para a nossa cidade com a conquista do primeiro lugar obtido pela equipe masculina do Bolão 23, com direito a desfile em caminhão dos Bombeiros pelas principais ruas de Corupá, exibindo atletas, medalhas e troféu.

Tendo no atleta corupaense Adilson Behling o principal articulador na montagem da equipe, foram reunidos diversos atletas da elite do esporte no estado, transformando em mais que sonho a possibilidade de conquistar o lugar mais alto do pódio.

Na etapa seletiva, ou classificatória, Corupá venceu Jaraguá do Sul, Pomerode e Blumenau, deixando pelo caminho estas equipes tradicionais na modalidade, e partindo para a etapa final disputada em Caçador. O ouro veio com os 1.428 pinos derrubados, cinco a mais que a segunda colocada, Xanxerê, e dez a mais que Chapecó, que ficou com o bronze na terceira colocação.

“Eu tenho a exata dimensão do significado desta nossa conquista, numa das mais difíceis e tradicionais modalidades dos Jogos Abertos” desabafou o emocionado secretário de turismo, esporte e lazer de Corupá, Juliano Millnitz. Segundo análise de Juliano, a equipe sempre teve a disputa sob controle não se sentindo ameaçada em nenhum momento.

Sobre a sequência do trabalho Juliano disse que após este momento de festa estará sentando com os atletas para conversar, pois a intenção é manter a equipe e buscar não apenas o bicampeonato no ano que vem em Pomerode, mas seguir forte para tentar o tricampeonato em 2020 em Jaraguá do Sul.

A equipe de Ouro de Corupá foi formada pelos atletas Adenor, Adilson, Buneco, Chales, Cleber, Dibi, Edson, Gigio, Guths, João, Lucas, Marcos, Odair, Pipo, Rodney, Serginho, e Topo.