Publicidade

CORUPÁ – PREVISÕES E EXPECTATIVAS 2019

CORUPÁ – PREVISÕES E EXPECTATIVAS 2019

O Jornal de Corupá inicia uma série de reportagens com as previsões para 2019 e as expectativas da população. As previsões representam as promessas dos poderes executivo e legislativo de Corupá, e algumas previsões das esferas estadual e federal que nos atinjam. As expectativas, como não poderia ser diferente, serão captadas principalmente pela população.

Nesta primeira reportagem conversamos com o presidente eleito para o biênio 2019/2020 da Câmara de Vereadores de Corupá, vereador Lairton Hartmann Müller, e fomos conferir as pretensões da nova mesa diretora e verificar se as intenções continuam as mesmas da época que antecedeu a eleição.

PREVISÕES DA NOVA MESA DIRETORA           

Lairton Müller

Lairton Müller começou a nossa conversa fazendo questão de registrar que todas as decisões que estão sendo tomadas são decididas pela mesa diretora e que dependendo da sua abrangência, submetida aos demais vereadores.

Segundo Lairton, algumas decisões já deverão ser sentidas nas primeiras sessões com a participação individual dos vereadores, independente de blocos ou outras composições. Outro projeto é a análise dos projetos enviados pelo executivo que passarão a ser analisados e, se necessário, corrigidos ou alterados na Câmara, evitando o vai-e-vem de documentos e o consequente desgaste provocado. Um exemplo desta mudança de postura é a solicitação apresentada pelo presidente da Câmara para que o projeto de lei que institui o Procon e a Ouvidoria Municipal em Corupá retorne à Câmara. “São duas necessidades de nossa população e não podemos ficar surdos a isso”.

Outro ponto que já tem apresentado frutos é a aproximação que está existindo entre os dois poderes municipais, “nós da Mesa Diretora temos conversado com o prefeito Gottardi, ouvindo as explicações, as intenções e o detalhamento dos projetos, desta forma quando for iniciada a tramitação dos mesmos, não existirão dúvidas”, analisou o presidente.

Um outro projeto que foi motivo de acirradas discussões e troca de acusações quando foi derrubado na Câmara, foi o do empréstimo de R$ 5milhões, “até este projeto nós já discutimos frente-a-frente e chegamos a um consenso que beneficie a população”.

“Obviamente a Câmara também será transformada para acolher estas mudanças e dentre elas estão previstas a reforma para acessibilidade, permitindo que portadores de necessidades especiais consigam acessar ao prédio; a estrutura de funcionalidade da casa deve prever a adoção de ferramenta decente de trabalho. Um dos pontos que já foi mexido, a estrutura organizacional, deve gerar uma economia considerável que será revertida para a área de saúde.”, explicou o presidente.

O programa “Gabinete nos Bairros” será retomado, completando o ciclo e após atingir a todos os bairros e localidades corupaenses será avaliada a sua continuidade, ou não. Existem outros programas e projetos que a Mesa pretende desenvolver e um deles pretende envolver alunos e, sem ideologia partidária, desenvolver a consciência política nos jovens.

Estas são algumas das previsões da Câmara de vereadores para este ano de 2019, que esperamos se realizem.

Na próxima semana as previsões do executivo.

Lairton Müller, Presidente da Câmara de vereadores