Publicidade

PREFEITO JOÃO CARLOS GOTTARDI FALA DE SUAS PREVISÕES E EXPECTATIVAS PREVISTOS PARA ESTE ANO

PREFEITO JOÃO CARLOS GOTTARDI FALA DE SUAS PREVISÕES E EXPECTATIVAS PREVISTOS PARA ESTE ANO

Nesta edição, o Jornal de Corupá conversou com o prefeito João Carlos Gottardi para ouvir as suas previsões e expectativas para este ano. Esta matéria encerra a série de reportagens prometidas e oferece ao corupaense uma síntese do que nos aguarda.

São diversas obras e ações a serem desenvolvidas pelos órgãos da administração municipal, e que contarão com um investimento superior a R$ 8milhões que virão de diversas fontes.

Turismo, esporte, lazer e infraestrutura

Com as duas secretarias sendo conduzidas por Juliano Millnitz, pela ótica do prefeito, isso facilitará tirar do papel diversas solicitações da comunidade mesclando ações, além de economizar com a não ocupação de um cargo comissionado.

  • Portal da Cidade: com valor estimado em R$ 350mil, já está em fase de montagem da licitação e deverá ser erguido no trevo da BR-280 x Rua Roberto Seidel;
  • Parque das Famílias: com um projeto ambicioso que inclui pista para caminhadas, espaço para atividades esportivas como bicicross, ginástica entre outras, e cuja plenitude de implantação deve demorar alguns anos, o espaço que está sendo construído ao lado da “prefeitura nova” na Rua Francisco Mees, segundo estimativa deve custar, nesta fase inicial, perto de R$ 800mil com previsão de entrega das duas primeiras etapas, das dez projetadas, já no início do segundo semestre deste ano. Estas duas etapas compreendem terraplanagem, abertura das vias, gramado e lagoa, permitindo a sua utilização pela população;
  •  Os programas Corupá em Ação e o Porteira Adentro estão suspensos e serão revistos. Segundo o prefeito os projetos serão analisados e reenviados à Câmara tentando coibir eventuais irregularidades que foram objeto de denúncias;
  • Desenvolvimento de diversas ações públicas incluindo manutenção dos parquinhos e dos demais espaços de lazer da população, conclusão do espaço da rua Domingos Salvador, entregando aos amantes de bicicross um espaço moderno e projetado para a prática desta modalidade;
  • Pavimentação Comunitária, com diversas reuniões acontecendo entre os moradores e a prefeitura. Num primeiro momento serão dezessete ruas previstas de receberem o programa: Padre Anselmo Schmitter, Alvino Pfutzenreuter, Rudolfo Frutsch, Ricardo Marquardt, Pedro Altamir Hoffmann, Manfredo Schaldach, Valter Jark, Luiz Bosse, Victor Schutze , João Bankhardt, Alberto Mafezzolli, Leopoldo Vieira, Humberto Voigth, Padre Gabriel Lux, Lino Weidner, Rua A e Nelson Severien; o programa receberá investimento de mão de obra da prefeitura, e recursos dos moradores e do Programa Avançar Cidades, do governo federal;
  • Solicitação da ACIAC para rever o sistema de estacionamento no centro da cidade, não sendo descartada a possibilidade de alterar o sentido de tráfego de algumas ruas como a Jaraguá e a Nereu Ramos, tornando-as com direção única e estacionamento em 45º;
  • Aguarda-se a liberação de R$ 1.300milhão, do Badesc, para aquisição de máquinas e equipamentos, renovando a frota da secretaria de infraestrutura;
  • Elaboração de projeto para uma ponte ligando os bairros Ano Bom e Bomplandt, com investimento estimado de R$ 2milhões e financiamento da Caixa Econômica Federal;

Secretaria de Saúde   

A área da saúde também deve receber atenção e a principal delas será a publicação em março, da licitação para construção do ESF da João Tozini. A obra, com previsão de entrega no final de 2019 ou início de 2020, custará aproximadamente R$ 800mil.

Secretaria de Desenvolvimento Econômico   

Todas as atenções desta secretaria estão voltadas para a audiência pública marcada para o próximo dia cinco sobre o Plano Diretor. Apesar de já haver trazido duas novas empresas para Corupá e estar em negociação para trazer algumas outras, realmente a expectativa é a discussão, com a população, do que foi projetado para Corupá a partir de hoje, para os próximos anos.

Secretaria de Educação e Cultura     

Nesta área algumas das ações compreendem:

  • Criação de duas novas salas de aula no CEI Gertrudes Steffens, na João Tozini;
  • Implantação de mais dois containers-biblioteca nas escolas ainda não atendidas;
  • Ampliação do Programa Aprende Brasil que passará a atender também o 4º ano;
  • Computadores novos nas salas de informática de todas as escolas;
  • Projeto de Energia Solar que envolverá as escolas José Pasqualini e Aluísio Carvalho de Oliveira na instalação dos painéis de captação da energia, e contará com investimento de R$ 600mil. O prefeito explica que a energia gerada será “jogada” na rede da Celesc, e representa aproximadamente o consumo que o município tem hoje;
  • SENAI em Corupá, a instituição está instalada na Roberto Seidel, próximo ao Pronto Atendimento, num imóvel onde também funcionará o CEJA. O prefeito adianta que deverá procurar o governo do estado para decidir a situação do Teresa Ramos que hoje possui diversas salas ociosas e poderia receber o SENAI que passaria a oferecer mais turmas e cursos. Dia onze de fevereiro começa a primeira turma do SENAI.

A troca de partido

Considerando que sua troca de partido já representa “águas passadas”, o prefeito vislumbra novas épocas em que poderá finalmente tirar do papel os seus projetos. Nesta nova fase ele menciona o relacionamento com a atual Mesa Diretora da Câmara, citando as diversas reuniões que estão acontecendo entre ele e o presidente Lairton, discutindo projetos de interesse da população, e menciona especificamente o reenvio nos próximos dias do projeto de criação do Procon, um antigo anseio dos corupaenses.

O prefeito chama a atenção dos vereadores para que eles participem das ações do executivo, visitando e acompanhando o andamento das obras “eles podem acompanhar e fiscalizar de perto aquilo que fazemos, podem inclusive tirar fotos para registrar o seu trabalho”, finalizou o prefeito.

01/02/2019