Publicidade

  • Investimentos na Águas de Corupá
  • Investimentos na Águas de Corupá

Investimentos na Águas de Corupá

Novo presidente projeta investimentos no tratamento, ampliação da rede e em novos reservatórios

A Águas de Corupá, está projetando investimento imediatos, bem como o planejamento para os próximos anos como a aquisição de uma nova estação de tratamento.

Os vereadores (a), Andressa G. Fischer Schmitt (PP), Felipe R. Rodrigues e Alaor Duarte, – ambos do PSDB –  e Wilson J. Gessner (MDB), juntamente com os ex-presidentes da autarquia do município Renato Wendderhoff, e Celso Garcia, estiveram na manhã desta quarta-feira (06), na ETA – Estão de Tratamento de Água de Corupá, para uma vistoria no local, bem como um conhecimento do trabalho da autarquia do município. A recepção ficou por conta do atual presidente Renato Lira e o gerente da EBS, Anselmo Luiz Alves, empresa responsável pelo tratamento.

Atualmente – a estrutura que antes era administrada pela Casan até março de 2010 – passou por uma total reformulação, mas que ainda necessita de investimento. Segundo Lira a urgência é a reforma do maior reservatório, o de 750 mil litros. “Este investimento será feito de imediato que é a troca da tampa, bem como a reforma de toda a parede interna”, explica.

Além da reforma, o novo presidente planeja a construção de novos reservatórios em pontos estratégicos do município.

Tratamento X Consumo

Atualmente a ETA está com toda a capacidade de tratamento comprometida, chegando em dia de sol com 48 litros por segundo, já em dias de chuva, com a água turva, atinge 24 litros por segundo.

Uma cota que não fecharia se não seria os 1,1 milhões de litros de água armazenados nos reservatórios, atualmente o consumo das 4.090 ligações chega em dia de pico a 57 litros por segundo.

“Não só na reforma, mas de imediato novos reservatórios serão necessários, a noite temos a capacidade de tratar mais água, é quando o consumo cai significativamente, nesse momento temos a capacidade de armazenar”, explica Renato Lira.

Investimentos

Lira projeta para os próximos anos uma nova estação de tratamento de água com a capacidade de 60 litros por segundo. “Este investimento é de urgência, pois a atual tem uma vida útil de aproximadamente 02, no máximo 03 anos, e ela tem não tem uma capacidade suficiente para atender em certos momentos”, explica.

Já adquirido pela administração passada, o terreno para a próxima estação de tratamento de água está com a terraplanagem quase finalizada, mas dependeria recursos vindos dos governos federal e estadual, a qual teria um custo estimando de 2,5 milhões de reais, a nova ETA.

Ainda projeta de imediato a ampliação da rede para a localidade da Caroeira, acesso pela BR-280, bem como também para o Poço D’Anta. “Vamos ampliar o fornecimento em algumas localidades, mas também temos projeto em ampliar a captação nos dois pontos, o da gravidade no Ano Bom fundos e o da ponte próximo ao condomínio industrial do Ano Bom”, comenta.

Outra meta para a autarquia é uma força tarefa quanto aos vazamentos nas tubulações que chega nas residências, que hoje atinge 47% do total tratado. “Temos um número muito alto de desperdício da água tratada, isso é de vazamentos que não aparecem e outros nos relógios antigos que muitas vezes não marcam corretamente”, explica Lira.

Em Jaraguá do Sul, administrada pelo SAMAE, esse número chega a 32% em vazamentos, entre outros. Cerca de mil novos relógios já foram trocados nos últimos dois anos, em Corupá.

Água de qualidade

O que Corupá tem é qualidade na água, segundo o gerente da EBS, Anselmo Luiz Alves. Atualmente 60% da água captada pela gravidade na localidade do Ano Bom fundos, denominada “geladeira”, é praticamente isenta de tratamento, tendo folhas e água turva em dias de chuva.

“A água vinda da gravidade é praticamente limpa, passando por pouco tratamento, seja ela em momentos de água turva em dias de chuva, ou por folhas, em fim é uma água praticamente pura, já a da captação da ponte, próximo ao condomínio industrial do Ano Bom, sofre com a poluição”, explica.

08/02/2019