Publicidade

Publicidade

PREFEITO JOÃO CARLOS GOTTARDI FAZ UMA PROJEÇÃO PARA O 2019 DO CORUPAENSE

PREFEITO JOÃO CARLOS GOTTARDI FAZ UMA PROJEÇÃO PARA O 2019 DO CORUPAENSE

Chamando a atenção para a paridade de gênero de seu primeiro escalão que conta com quatro secretárias, Bernadete Hillbrecht, Jussara de Carvalho, Rosane Berti e Marize Mokwa, e cinco secretários, Wellington Borges, Juliano Millnitz, Cristiano Hack , Renato Lira(presidente da Águas de Corupá) e Claudio de Siqueira(diretor da Defesa Civil), além de afirmar que a maioria dos servidores são do sexo feminino, o prefeito João Carlos Gottardi falou de seus projetos para este ano, apostando suas fichas em alguns projetos que destacou.

Saúde

Iniciando pela secretaria de saúde, o prefeito destacou a construção do ESF da João Tozini que, cumpridas as formalidades burocráticas, aguarda a realização da licitação que permita o início da obra. Outro ponto que mereceu destaque foi a nomeação de Bernadete para comandar a secretaria o que imprimiu um novo ritmo e permitiu fazer mais ações e gastar menos recursos. Pela avaliação, ela é muito ágil e pelo seu conhecimento dos caminhos, agilizou diversos processos como a contratação de ginecologista e pediatra, firmou parceria com os dois hospitais de Jaraguá do Sul conseguindo transferir para o município vizinho alguns procedimentos que antes eram feitos em outras localidades mais distantes. O Pronto Atendimento, que sempre apresentou problemas como goteiras e umidade, está sendo reformado e deve receber pintura em breve, finalizando a obra, foi outra das conquistas da secretária que mostra ter realmente vindo para somar, realizando.

Obras

Para a secretaria de infraestrutura, o prefeito elogiou o início de trabalho do secretário Juliano e promete adquirir novas máquinas, equipamentos e veículos que auxiliem não apenas atender as necessidades de manutenção da cidade, como desenvolver os novos projetos não apenas de sua secretaria, mas as demandas das outras secretarias também, como a agricultura e o turismo, por exemplo.

O prefeito aproveita para informar que as diversas pessoas que recolheram taxas para os projetos “Corupá em Ação” e “Porteira a Dentro”, que estão sendo objeto de análise pelo Ministério Público, em breve serão procurados pela prefeitura e terão a possibilidade de manter o serviço contratado ou receber a devolução do valor pago.

Educação

Pasta elogiada pelo prefeito, a educação teve enaltecido o Sistema Positivo que, superadas as dificuldades sentidas no primeiro ano, finalmente inaugura uma nova etapa com a implantação do serviço de internet nas escolas municipais, permitindo seu melhor entendimento e acompanhamento.

Outro ponto destacado foi o cadastramento de Corupá junto ao MEC, buscando habilitação para compra de lousas digitais para cinquenta e sete salas de aula. Além das lousas digitais está prevista a construção de mais quatro salas de aula sendo duas no CEI Gertrudes Steffens e outras duas no CEI Franz Dorn. O prefeito chama a atenção para o fato de que quando assumiu o seu mandato, o município oferecia duzentas e sessenta vagas e com algumas adequações implementadas saltou para quatrocentas e vinte e agora irá para seiscentas vagas.

“Apesar de não termos registro de qualquer solicitação para vagas em creche na noite ou madrugada, não descartamos a possibilidade de estender o horário de funcionamento em mais uma ou duas horas, auxiliando os pais que buscam seus filhos ao término de seu turno de trabalho, e enfrentam problema com o horário, mas isso ainda deverá ser estudado considerando se a demanda justificará a medida”, explicou o prefeito, que finalizou a projeção da educação elogiando “Não tenho o que reclamar da educação, principalmente do comprometimento dos professores”.

Turismo, esporte e lazer

Gottardi avalia que o turismo avança, mesmo que a passos lentos, mas em conformidade com os projetos e recursos existentes. Em sua análise ele destaca o portal que até o dia vinte de abril deverá ter o seu projeto encaminhado para a Caixa Econômica Federal e afirma já possuir os recursos necessários para a sua construção. Falou ainda sobre a conclusão das obras da Padre Gabriell Lux que também já tem o recurso garantido.

Administração e fazenda

Gottardi está satisfeito com as mudanças que estão sendo implementadas, o que vem aumentando os mecanismos de controle e consequentemente a receita do município, permitindo que seja registrado superávit e a retirada da gaveta de diversos projetos.

Funcionalismo e investimento

Neste ano foi possível melhorar ainda mais o pagamento dos servidores garantindo que nenhum deles receba menos do que R$ 1.740,00 (hum mil setecentos e quarenta reais), entre salário e vale refeição somados, e mesmo assim, ficando próximo de 48% (quarenta e oito por cento) da despesa com folha de pagamento.

O prefeito ainda chama a atenção para os projetos em tramitação na Câmara de Vereadores, um sobre a pavimentação de trinta ruas que devem receber a consulta de adesão dos moradores, e o outro sobre a contratação de empréstimo de sete milhões de reais para investimento em diversas obras: um milhão para compra de máquinas, equipamentos e veículos para a secretaria de infraestrutura, dois milhões e meio de reais para a construção da nova ETA-Estação de Tratamento de Água, quinhentos mil reais para conclusão das obras da nova prefeitura, permitindo que alguns setores mudem para lá, deixando de onerar os cofres públicos com o pagamento de aluguel, quatrocentos mil reais para instalação de ao menos dez câmeras de videomonitoramento e aumento da segurança da população, e dois milhões e seiscentos mil reais para o projeto de pavimentação comunitária.

Câmeras de segurança

Em reunião realizada em Gabinete, o prefeito recebeu o comandante do 14º Batalhão, tenente-Coronel Reisdorfer, o comandante da 1ª Companhia, capitão PM Benda, o comandante do destacamento de Corupá Sargento PM Pádia e o Sargento PM Maieski. O assunto tratado foi a instalação de mais algumas câmeras de vídeo-monitoramento em nossa cidade, aumentando a vigilância e consequentemente a segurança da população. Com a garantia da existência dos recursos financeiros necessários, a reunião serviu para discutir as formas com que o serviço pode ser implantado e neste sentido chegou-se à seguinte proposta que deverá ter seu estudo aprofundado e um projeto elaborado:

Comandante do 14º Batalhão, tenente-Coronel Reisdorfer e prefeito Gottardi – segurança sendo discutida
  • substituição das cinco câmeras existentes e aquisição de mais cinco câmeras com tecnologia mais moderna, aumentando a área de fiscalização e proteção; estas dez câmeras seriam instaladas em pontos estratégicos e controladas pela CRE na sede do 14º Batalhão em Jaraguá do Sul, com visualização simultânea em Corupá, tanto no destacamento militar quanto na delegacia de polícia;
  • compra e instalação de câmeras fixas de monitoramento que seriam instaladas preferencialmente em prédios públicos não atendidos pelas outras câmeras, mas com monitoramento pelo destacamento militar de Corupá, que compartilharia as imagens com a delegacia de polícia civil, quando solicitado;
  • interceder junto à Polícia Rodoviária Federal para verificar a instalação de câmeras com OCR na BR-280, principalmente nos pontos de acesso a Corupá, com a rota deixando de ser considerada corredor não fiscalizado.

Nos próximos dias o assunto deverá ter prosseguimento quando algumas informações como estrutura de internet e elétrica dos pontos inicialmente indicados serão apresentadas, além de uma previsão inicial investimento e do retorno da PRF sobre as OCR.