Publicidade

Publicidade

Exposição e gastronomia: Começa hoje a 6ª edição da Fecaplant

Exposição e gastronomia: Começa hoje a 6ª edição da Fecaplant

Criada com o objetivo de fortalecer o mercado de plantas de Santa Catarina, a Fecaplant (Feira Catarinense de Flores e Plantas Ornamentais) chega à sua sexta edição consolidada como uma ferramenta de fomento e apoio aos produtores de todo o Estado. Com início marcado para esta sexta-feira (24), no Seminário Sagrado Coração de Jesus, a feira reúne durante três dias mais de 112 expositores, entre produtores de plantas, empresas voltadas ao ramo e artesões, para ampliar as vendas do setor, gerar novos negócios e amenizar os reflexos ainda intensos da crise econômica.

Cerca de 300 pessoas trabalham na montagem e organização da feira, que deve reunir mais de 400 variedades de plantas, além de uma grande gama de equipamentos e insumos utilizados pelo setor. A expectativa, segundo os organizadores, é superar o público dos anos anteriores, quando o evento atraiu mais de 16,5 mil visitantes de várias regiões do país.

“A nossa expectava para esta edição é ultrapassar dos 20 mil visitantes, uma porque investimos forte em mídia e outra que o evento está consolidado, tornando uma porta para novos negócios a curto, médio e longo prazo. Isso se dá pelo empenho, qualidade e tecnologia que o produtor investe a cada ano”, comenta o coordenador de Fecaplant, Paulo Cesar Ruthes.

Segundo dados do Sebrae, mais de 50% da produção de plantas ornamentais de Santa Catarina está concentrada na região Norte do Estado, um reflexo da influência dos colonizadores europeus que trouxeram a prática para a região na década de 1920. Um levantamento feito pela entidade no final de 2015 aponta que, até então, 65% de toda a área da floricultura catarinense era voltada para o cultivo de plantas para jardim, o que demonstrando o potencial deste mercado.

“Corupá se diferencia pela variedade de produtores de pequeno e grande porte, alguns deles com décadas de atuação. Dentro deste contexto, a feira vem para promover toda a cadeira produtiva do setor, desde os produtores até as empresas com equipamentos e serviços voltados para este mercado. Como reflexo, toda a região cresce, impulsionando também o turismo e o varejo”, analisa Ruthes.

No evento

Além de ser uma porta para negócios que envolvem o setor, para os visitantes também é uma oportunidade única de conhecer e adquirir produtos variados e diferenciados. “Pensado no público em geral, fizemos uma desafios aos produtores que eles montassem um jardim representado uma residência, com todas as plantas, assim o publico tem a oportunidade de imaginar e ver as possibilidades e fazer em sua casa. de certa forma é uma maneira de também contribuirmos com ideias”, explicaRuthes.

Os três dias do evento, sexta, sábado e domingo, o horário para visitação é o mesmo, das 9h às 18h. Somente hoje, sexta-feira, a entrada é gratuita, nos demais dias o valor fica em R$ 5. Crianças até 10 anos e idoso acima de 60 anos não pagam. Vale lembrar que é necessário comprovação. 

Se bater aquela fome, o evento contará com a presença de food truck, chope e regado de música ao vivo com Daniel Bife e Chico Sérgio. O estacionamento será R$ 10 por veículo.