Publicidade

Publicidade

Município tem 12 áreas de lazer

Município tem 12 áreas de lazer

Estão localizadas em diferentes pontos e são parquinhos, praças e campos de futebol de areia

Na semana passada a prefeito João Carlos Gottardi (PSD), anunciou o recebimento do projeto do Portal Turístico do município, que segundo, seria construído as margens da BR 280 com a rua Roberto Seidel (sentido centro), a qual exigiria investimentos de aproximadamente trezentos mil reais vindos do Ministério do Turismo, e conseguidos pelo ex-deputado Mauro Mariani. 

Em partes o projeto prevê: cachoeira artificial, lençol d´água, parquinho para as crianças, com aparelhos de inclusão social, permitindo seu uso inclusive por cadeirantes.

Pegando o gancho do anúncio, o JDC aproveitou para fazer visitas nas 12 áreas de lazer– parquinhos e campos de futebol de arreia – espalhados pela cidade. E são esses: Ano Bom: CEI Franz Dorn e rua Artur Menestrina; Itapocu: Associação de Moradores, Centro: Praça Artur Muller e Praça dos Expedicionários; João Tozini: Cohab, Escola José Pasqualini e campo de futebol de areia na rua Domingos Salvador; Bomplandt: CEI, Seminário: Área de lazer do Morro do Quentin, rua Guilherme Melcherdt e por final Vila Isabel.

Após esse período prolongado de chuvas encontramos situações de lama em alguns locais que muitas vezes poderiam ser resolvidos com materiais adequados, mas no geral os parquinhos apresentavam bom estado de conservação, garantido segurança para as crianças.

A área de lazer do Morro do Quentin foi a quem mais chamou a atenção – bairro Seminário – local onde os moradores realizam a limpeza, a manutenção preventiva do local. Em momentos a comunidade chegou a realizar eventos, rifas e até contou com doações de empresários, afim de melhorar o local. “Procuramos sempre manter o local limpo e em ordem na medida do possível, não é fácil, mas fizemos de bom gosto”, comenta Taffarel P. Bastos, um dos incentivadores do local.

Além do parquinho infantil a área conta com um campo de futebol de areia, uma pequena quadra de basquete e até uma área para vôlei.

Bastos, comentou que muitas vezes solicitou ao poder público a manutenção da área de lazer, mas que nem sempre foi atendido. “Outro dia eles [Prefeitura], levaram uma balança do parquinho para concertar e até agora nada. Mas não podemos ficar esperando só do poder público, precisamos nós a comunidade se unir para fazer acontecer, como já fizemos com eventos, rifas. E ainda tivemos muitas doações de empresários e de pessoas da comunidade”, explica.

O voluntário diz que ainda precisa ser feito muito pelo local, mas um grande passo foi dado. “Precisamos colocar brita para evitar a lama em dias de chuva e também concertar a tela do campo, mas estamos trabalhando. O importante que todos estão envolvidos em melhorar o local que é justamente para as crianças”, comenta.

Ainda no bairro temos o parquinho localizado na rua Guilherme Melcherdt, que está em boas condições de uso, todo cercado e sem faltar nenhum equipamento ou danificado.

O bairro João Tozini, é contemplando por dois parquinhos infantis, da Cohab e da Escola José Pasqualini que estão em bom estado e ainda por dois campos de futebol de areia – ou o que era para ser – estão em obras a algum tempo.

O da Cohab – campo de futebol de areia – segundo o secretário de infraestrutura Juliano Millnitz, sofria com alagamentos em dias de chuvas e precisou ser feito aterro com barro, murro e drenagem está em fase de construção. O local ainda está previsto a colocação de areia, iluminação e a reforma da tela do campo.

Já o que era o campo de futebol de areia na rua Domingos Salvador a situação é muito triste. O local está a algum tempo em obras. Segundo Millnitz pela baixa utilização do campo optou-se por reduzir as medidas do campo e na outra metade será construída duas pistas em barro para bike.

“Tivemos esse longo período de chuvas, e agora preciso dar atenção as estradas esburacadas, mas estamos organizando para retomar os trabalhos. O campo da Cohab precisamos finalizar o murro de contenção para dar continuidade no restante da obra e no campo da Domingos Salvador é mais demorado, mas vamos fazer o possível para deixar tudo pronto o quanto antes, isso é um compromisso que assumi”, declara o secretário.

Na rua Artur Menestrina, no bairro Ano Bom, será remanejado o parquinho existente no local, juntamente o paisagismo está previsto no local. “Já nivelamos o local e colocamos umas cargas de material para afirmar. O parquinho vamos mudar de local, mais próximo a umas árvores, assim evitando o sol quente do verão. Nesse local pretendemos fazer o paisagismo e colocar bancos, fazer um local de lazer para as famílias”, explica Millnitz.

No CEI Franz Dorn, o parquinho foi instalado no final de 2016 e está praticamente novo, precisando um material na base para evitar a lama e água parada.

É o mesmo caso no acesso ao parquinho e ao campo de areia no CEI do bairro Bomplandt, com as chuvas e por estar ladeado de algumas árvores dificulta a drenagem do local, assim acumula a lama pelo pátio. No geral o parquinho e o campo então conservados. Faltando somente a tela e portão do parquinho afim de evitar que animais entrem no local.

Já o local de lazer da Vila Isabel representa um local realmente tranquilo, inaugurado no final de 2016, está muito organizado e limpo. Com um parquinho e bancos para relaxar e aproveitar o som vindo das águas do rio.

A limpeza deixa a desejar e muito no parquinho da Praça Artur Muller, mas condições de seguranças estão boas, juntamente com o da Praça do Expedicionários, que é muito apreciado nos finais de semana.

E para finalizar o parquinho da Associação de Moradores do Itapocu, o local é totalmente mantido pelos moradores, desde limpeza a manutenção do parquinho como do local em geral.