Publicidade

Publicidade

Prefeito cumpre extensa agenda em Brasília

Prefeito cumpre extensa agenda em Brasília

Aproximadamente 8 milhões de reais em diversos projetos foram entregues na Capital para atender obras e compra de materiais e equipamentos para as áreas de saúde, educação, infraestrutura e turismo

Juliano Millnitz(E) prefeito Gottardi(PSD), senador Jorginho Mello(PL) e assessor

O prefeito João Carlos Gottardi (PSD), acompanhado pelo secretário municipal de infraestrutura Juliano Millnitz e a chefe de gabinete da prefeitura municipal Kelly Cristina Alves de Souza, estiveram nesta semana em Brasilia-DF angariando recursos para o município. Segundo assessoria da prefeitura, não necessitou mais do que três dias na capital para retornar a Corupá com a mala repleta não apenas de promessas, desta vez conseguiu ações e trouxe também recursos para algumas obras há muito aguardadas pelo corupaense.

Ao final dos três dias de visitas a gabinetes dos deputados federais Darci de Mattos(PSD), Ângela Amin(PP), Carmen Zanotto(Cidadania), Carlos Chiodini(MDB), Fábio Schiochet(PSL), Gilson Marques(Novo), Ricardo Guidi(PSD), Rogério Peninha Mendonça e Celso Maldaner, (ambos do MDB), e a deputada Geovânia de Sá(PSDB), o secretário especial para o Senado Federal da Casa Civil Paulo Bauer(PSDB), o senador Jorginho Mello(PL), os ministérios da saúde, das cidades, do desenvolvimento regional, do turismo, e o da educação, negociações junto ao FNDE, à Caixa Econômica Federal, e Embaixada da Alemanha.

No balanço final foram entregues diversos projetos que totalizam aproximadamente R$ 8 milhões de reais para atender obras e compra de materiais e equipamentos para as áreas de saúde, educação, infraestrutura e turismo, com a previsão de liberação de parte destes recursos começar a acontecer até o final do próximo mês de setembro e o restante em 2.020.

Além dos recursos financeiros para diversos projetos, ainda veio na bagagem o compromisso de diversos parlamentares tentar reverter a decisão do ministério da saúde de ranquear os municípios brasileiros e atender apenas os municípios com IDH mais baixo pelo programa Mais Médicos(Médicos pelo Brasil), o que deixaria Corupá de fora e correndo o risco de perder dois médicos. Outra bagagem trazida foi sobre a situação do Projeto de Lei 693/2019, já aprovado pelo Senado e que segue agora para a Câmara dos Deputados. O PL 693/19 Altera a Lei nº 6.766/1979(Parcelamento do Solo Urbano), diminuindo para 5 metros a faixa não-edificável ao longo de rodovias e ferrovias. Para a educação a confirmação da vinda dos projetores interativos para as salas de aula da rede pública municipal de ensino. 

“Sabemos das dificuldades em conseguir recursos, mas se não formos atrás podemos passar a falsa impressão de que não necessitamos. Graças à nossa arrecadação temos conseguido honrar nossos compromissos, mas nos sobra muito pouco para investimentos e por este motivo seguimos nossa incansável busca por recursos”, comenta o prefeito Gottardi.

Recursos

O primeiro gabinete visitado foi o do deputado federal Darci de Matos(PSD) onde o prefeito entregou o projeto do Parque das Famílias, com um investimento previsto de R$ 500 mil.

Em seguida o prefeito esteve reunido com a deputada Angela Amin (PP) pleiteando investimento de R$ 300mil para a saúde. O próximo gabinete visitado foi o da deputada Carmen Zanotto(Cidadania) onde além de protocolar pedido de R$ 500mil para a saúde, conseguiu o compromisso da deputada em interceder junto ao ministério da saúde que pretende priorizar, a partir de novembro, municípios com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) para o programa Mais Médicos, lançando incertezas sobre os rumos do programa para municípios como Corupá, por exemplo, que ficaria de fora e correndo o risco de perder dois médicos. Segundo o ministro da saúde, as cidades foram ranqueadas e apenas os municípios com IDH mais baixo serão atendidos pelo Mais Médicos.

Outro compromisso ainda na tarde desta terça-feira foi com o senador Jorginho Mello (PL) onde o prefeito João Carlos Gottardi protocolou projeto para investimento na compra de caminhão caçamba, e se inteirou sobre o andamento do Projeto de Lei 693/2019, já aprovado pelo Senado e que segue agora para a Câmara dos Deputados. O PL 693/19 Altera a Lei nº 6.766/1979(Parcelamento do Solo Urbano), diminuindo para 5 metros a faixa não-edificável ao longo de rodovias e ferrovias.

Foram visitados ainda os deputados Ricardo Guidi (PSD), Rogério Peninha Mendonça e Celso Maldaner, (ambos do MDB), e a deputada Geovânia de Sá (PSDB). Em todos o prefeito Gottardi protocolou projetos de Corupá, para atender investimentos em diversas áreas pleiteadas pela população. Em todos os gabinetes visitados o prefeito deixou um pequeno mimo com a Banana Mais Doce do Brasil.

Integrando a comitiva corupaense, a chefe de gabinete da prefeitura municipal Kelly Cristina Alves de Souza manteve reuniões com o professor Carlos Alberto Decotelli, presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) verificando o andamento de diversas demandas levantadas pelos municípios do Consórcio Quiriri, e com Talita Barbosa Cabral, assessora de relacionamento institucional da Caixa Econômica Federal, verificando e ajustando dois convênios firmados com aquela instituição.

Saneamento Básico

O prefeito de Corupá João Carlos Gottardi(PSD) esteve esta semana em Brasília-DF e retornou trazendo em sua bagagem a possibilidade de implantar um antigo projeto de nossa cidade: o saneamento básico.

Em visita à Secretaria Nacional de Saneamento, do Ministério do Desenvolvimento Regional o prefeito foi informado sobre a revisão dos critérios de financiamento de obras do saneamento básico, com o IDH-Índice de Desenvolvimento Humano deixando de ser considerado na avaliação. Com esta mudança, o projeto de saneamento básico de Corupá que estava engavetado desde 2009 agora será revisto com a certeza de sua execução. 

O projeto com orçamento inicial de R$ 60 milhões deve sair do papel no ano que vem, começando pela construção da estação de tratamento e pelo atendimento do bairro ou localidade mais próximo da estrutura.

“Não temos tempo a perder, neste ano o projeto será revisto e iniciaremos as tratativas com o BRDE que deverá financiar a obra, crédito para isto a nossa cidade tem”, comemorou o prefeito que prosseguiu “esta é mais uma promessa de nosso Plano de Governo que aos poucos vai se materializando”.

A obra não será rápida e ainda levará alguns anos para ser totalmente concluída, mas o importante é que finalmente sairá do papel levando saúde ao corupaense “dizem que político não gosta deste tipo de obra porque cano enterrado não é visto e não dá voto, para a minha administração isso não é verdade; para nós este tipo de obra é certeza de desenvolvimento, de saúde, de qualidade de vida e, acima de tudo, de que estamos no caminho certo e cuidando de nossa gente” finalizou o prefeito Gottardi.

Turismo

Outra notícia positiva é a liberação de linha de crédito para pessoas que queiram abrir um negócio voltado para o turismo. O prefeito explica que esta é uma reivindicação das associações de municípios a que Corupá pertence (AMVALI e Consórcio Quiriri), e que está sendo atendida. As regras para acesso a estas linhas de crédito estão sendo estabelecidas pelo Banco Central que repassará a operação para o BRDE e neste sentido o prefeito Gottardi estará em Florianópolis para tomar pé da situação e trazer mais esta conquista para o nosso município.

“O nosso município foi agraciado por deslumbrantes e desafiadoras belezas naturais, e o mínimo que podemos fazer é incentivar as pessoas que acreditam neste potencial a investirem no segmento. Sabemos que ideias e projetos não faltam e o que podemos fazer é buscar meios de ajudar estas pessoas a realizarem seus sonhos, ao mesmo tempo em que participam do desenvolvimento de nossa cidade”, explicou o prefeito.