Publicidade

Publicidade

Juramento à Bandeira aconteceu em Corupá

Juramento à Bandeira aconteceu em Corupá

A cerimônia do Juramento à Bandeira é o ato mais solene e significativo para o jovem militar, marcando de forma permanente um compromisso com a Nação. Em Corupá o ato, que antecede a entrega do Certificado de Dispensa de Incorporação no Serviço Militar dos nascidos em 2001, que desobrigam os rapazes a servirem o Exército Nacional, aconteceu na manhã do dia 01/10, no Ginásio de Esportes Willy Germano Gessner e, além dos quase 80 jovens que prestaram o juramento, contou com a presença de seus familiares, autoridades militares e políticas. 

Dentre as autoridades presentes destacamos o Capitão Alexandre Teodoro da Silva, chefe do posto de recrutamento e mobilização de Blumenau-SC, o Tenente Ademar do Nascimento Alexandre, delegado do mesmo posto, João Carlos Gottardi, prefeito de Corupá e presidente da JSM-Junta do Serviço Militar, Eliane Minel, secretária da JSM, Sargento PM Sérgio Pádia da Rosa, comandante doo destacamento policial militar de Corupá, Luiz Alberto Hack, presidente da Associação dos Bombeiros Voluntários de Corupá, Lauro Pinto Reck, comandante dos Bombeiros Voluntários de Corupá, vereador Lairton Hartmann Müller, presidente da Câmara de Vereadores de Corupá, vereador Adalberto Maia, Rosane Martini Berti, secretária de educação e cultura, Adilson de Oliveira, secretário de turismo, esporte e lazer.

O Juramento à Bandeira é um ato de cidadania e compromisso que deve ser lembrado pelo cidadão quando, mesmo dispensados, os jovens assumem o compromisso de permanecer à disposição do Exército Nacional, em casos de convocações emergenciais após a dispensa do serviço militar. O Juramento à Bandeira, seguido do Hino Nacional, é uma forma dos compromitentes jurarem honra, integridade e defender a Pátria com sua própria vida.

“Dispensado da prestação do Serviço Militar inicial, por força de disposições legais e consciente dos deveres que a Constituição impõe a todos os Brasileiros para com a Segurança Nacional, PROMETO estar sempre pronto a cumprir com as minhas obrigações militares, inclusive a de atender a Convocações de Emergência e, na esfera das minhas atribuições, a dedicar-me  inteiramente aos interesses da Pátria, cuja honra, integridade e instituições defenderei com o sacrifício da própria vida”.

Fonte Prefeitura de Corupá