Publicidade

Publicidade

Já são 11 casos de sarampo na região. Campanha Nacional de Vacinação segue até dia 30 deste mês

Já são 11 casos de sarampo na região. Campanha Nacional de Vacinação segue até dia 30 deste mês

Já são 11 os casos de sarampo na região, Jaraguá do Sul acumula mais casos da doença que são 09 até o momento, Schroeder e Guaramirim tem um caso da doença cada município. A suspeita de um caso em Corupá foi negativo e sim uma reação da vacina. Todos passam bem da família.

E nesta segunda-feira, dia 18 teve início da segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo em todo o estado. Essa etapa, destinada a adultos entre 20 e 29 anos, segue até o dia 30 de novembro, quando será realizado o dia D de vacinação.

Segundo estimativa do Ministério da Saúde, Santa Catarina precisa vacinar, nesta fase, cerca de 420 mil pessoas. De acordo com a gerente de imunização da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE/SC), da Secretaria de Saúde de Santa Catarina, Lia Quaresma Coimbra, é importante lembrar que adultos até 29 anos precisam ter tomado duas doses da vacina ao longo da vida. “Caso não tenham tomado, não lembrem ou não tenham mais a carteirinha de vacinação, a recomendação é ir até uma unidade de saúde para atualizar a situação vacinal”, esclarece.

O último boletim epidemiológico divulgado pela DIVE/SC aponta que a faixa etária que mais tem contraído a doença no estado é justamente a de jovens adultos, com idade entre 20 e 29 anos. Do total de casos confirmados neste ano (96), 41 estão nesta faixa. Por esse motivo, é de extrema importância a adesão desse público à campanha, ressalta a enfermeira chefe da divisão de imunização, Arieli Fialho.

Locais de vacinação

A vacinação – de segunda a sexta-feira – acontece somente no posto de saúde (PSF – 3), na rua Nereu Ramos no centro, das 7h45 às 11h15 e das 12h30 às 16h15.

O dia “D” da campanha acontecerá dia 30 – sábado – em dois locais, posto de saúde (PSF – 3), na rua Nereu Ramos no centro e posto de saúde da Vila Isabel (PSF – 4), das 8h as 17h sem fecha para o almoço.

É importante ressaltar que tanto a vacina tríplice viral como a tetravalente (que evita também a catapora) são aplicadas na rede pública o ano todo em brasileiros de até 49 anos que cumprem certos requisitos, dentro ou fora de surtos. Siga as orientações do Calendário Nacional de Vacinação para proteger você e sua família desde cedo.

Sarampo

É uma doença viral, extremamente contagiosa. O vírus se espalha facilmente pelo ar através da respiração, tosse ou espirros e pode ficar até duas horas no ambiente. Uma pessoa com sarampo pode transmitir a doença para uma média de 12 a 18 pessoas que nunca foram expostas ao vírus anteriormente ou que não tenham se vacinado. A única forma de se prevenir é com a vacinação.

Os principais sintomas do sarampo são: febre, tosse, coriza, aparecimento de manchas vermelhas no corpo e olhos avermelhados. “A pessoa que apresenta esses sintomas deve procurar o serviço de saúde com a máxima urgência. O sarampo pode causar complicações e, em casos mais graves, deixar sequelas ou levar à morte”, esclarece a enfermeira Alda Rodolfo da Silva.