Publicidade

Publicidade

Mais de 600 crianças participaram do Cartaz da Paz promovido pelo Lions Clube de Corupá

Mais de 600 crianças participaram do Cartaz da Paz promovido pelo Lions Clube de Corupá

Por mais de três décadas, os Lions clubes de todo o mundo têm patrocinado um concurso de arte muito especial em escolas e grupos de jovens. Criar cartazes sobre a paz, dar às crianças de todo o mundo a chance de expressar suas visões da paz e inspirar o mundo por meio da arte e da criatividade.

O Lions clube de Corupá também incentiva as crianças de 11 a 13 anos do município a expressarem a criatividade através do Concurso de Cartaz da Paz que este ano teve como tema “Jornada da Paz”.

O concurso teve início em agosto e em novembro foi escolhido um cartaz de cada escola. No total participaram aproximadamente 600 alunos das quatro escolas; Aluísio Carvalho de Oliveira, José Pasqualini, São José e Francisco Mees. A premiação foi a quantia de 300 reais para cada aluno vencedor, confira:

Escola José Pasqualini: Thayla Maria Dumke, 5ª ano matutino, Professor Rafael

Escola São José: Cristiano S. Machaki, 8ª ano matutino, Professora Rosane

Escola Francisco Mees: Laura Fabian Romão, 6ª ano matutino, Professora Fabíola

Escola Aluísio Carvalho de Oliveira: Bianca Lewin, 7ª ano matutino, Professora Adriane

Prevenção ao Diabetes

O Lions clube de Corupá realizou no mês de novembro uma campanha, juntamente com a Secretaria Municipal de Saúde, sobre a conscientização do diabetes, doença crônica na qual o corpo não produz insulina ou não consegue empregar adequadamente a insulina que produz. O dia mundial da conscientização é 14 de novembro.

A campanha, consistiu na entrega de 5.500 cartilhas sobre Diabetes junto as Agentes Comunitárias do nosso município. Assim o Lions Clube fez chegar em todas as residências corupaenses orientações para identificar e prevenir o Diabetes.
A Presidente do Lions Clube Miriam Taufenbach destacou. “Juntos, podemos informar a comunidade para compreender melhor, prevenir e tratar o diabetes. Prevenir é o melhor remédio”.