Publicidade

Publicidade

Prefeitura de Corupá perde convênio de 270 mil reais para a construção do portal turístico

Prefeitura de Corupá perde convênio de 270 mil reais para a construção do portal turístico

A Prefeitura de Corupá perdeu convênio no valor de R$ 270.476,19 para a construção do portal turístico que estava projetado no cruzamento da BR-280, perto do trevo principal de acesso ao município.

Com exclusividade o JDC teve acesso ao documento que trata da rescisão do contrato de repasse nº 869900/2018 que foi feita nesta segunda-feira, dia 13, e ainda será publicada no Diário Oficial da União.

Segundo que consta a Prefeitura de Corupá perdeu o prazo de investimento e por isso terá que devolver os recursos.

Origem do recurso

O valor foi destinado pelo ex-deputado federal Mauro Mariani do MDB em uma emenda parlamentar em julho de 2018, através do Ministério do Turismo a qual o Banco Caixa foi o responsável pelo repasse do valor.

Em abril de 2019 o prefeito João Carlos Gottardi em uma viagem a Brasília teria alinhado os recursos para a obra do portal turístico.

Já em maio do mesmo ano, a empresa Lima & Lima Arquitetos Associados S/C Ltda, de Jaraguá do Sul, entregou o projeto da construção que previa a montagem de uma cachoeira artificial com possibilidade de escolha pelo turista do volume de água que pretendia que apareça em sua foto, além de um lençol de água que permitiria aos ciclistas passarem por dentro dele como se atravessassem um córrego. Além disso, no entorno do portal, também estaria previsto um parque para as crianças, com aparelhos também que permitirão o uso por cadeirantes. O projeto contaria ainda com possibilidade do turista acessar um QR-Code que permitiria receber um mapa de Corupá com as principais informações turísticas do município.

Projeto

Uma consulta rápida ao portal da transparência do município verificamos os valores pagos a empresa jaraguaense Lima & Lima Arquitetos Associados S/C Ltda. Em agosto de 2017 foram R$ 7.800,00 em agosto de 2018 foram R$ 2.600,00 e no ano passado mais R$ 6.100,00. Totalizando R$ 16.500,00.

Em todos os pagamentos a justificativa se referia a “projeto arquitetônico para construção do pórtico de entrada do município”.

Prefeitura

Em nota a Prefeitura alegou que o valor não foi devolvido, porque o recurso não chegou a ser empenhado pelo Governo Federal. Ainda segundo a nota prefeito João Gottardi teria afirma que o novo portal do município será construído com recursos próprios da prefeitura de Corupá.

Diário Oficial da União

Consultado o Diário Oficial da União onde consta a publicação do dia 25 de julho de 2018, na página 142 consta a nota de empenho nº 2018NE800874 que informa o pagamento do valor referido. Portanto os recursos estavam disponíveis até final de dezembro de 2019.

Secretário

O JDC entrou em contato com o ex-secretário da pasta Juliano Millnitz que ficou surpreso com a notícia. “Não estava sabendo de nada, desde que saí da pasta não me inteirei-me dos assuntos, uma que a pasta da infraestrutura exige muito, mas lembro muito bem da dedicação de todos a frente do projeto e também do apoio do deputado Mauro Mariani, como já disse fiquei assustado com a notícia e é uma pena que isso tenha acontecido”, lamentou.

Já com o atual secretário de turismo Adilson de Oliveira, entramos em contato por telefone, mas não atendeu as ligações.