Publicidade

Publicidade

BOCA LIVRE – 31/01/2020

BOCA LIVRE – 31/01/2020

Festival da cerveja

Jaraguá do Sul passa a contar no mês de fevereiro, por conta da lei 8.189/2019, o 1º Festival da Cerveja que está programado para os dias 20 a 22, no pavilhão A do Parque Municipal de Eventos. A organização do evento fica por conta do Núcleo das Cervejarias da Associação Comercial e conta com apoio da Secretaria da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação (Sedein). No festival serão oferecidos 40 tipos de cervejas diferentes e a expectativa é da participação de cerca de 5 mil pessoas.

Carteira

As pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) terão direito à Carteira de Identificação do Autista em SC. O documento deve facilitar o acesso ao atendimento prioritário já garantido pela Lei estadual nº 17.754, de autoria do deputado estadual Mauro de Nadal. A previsão é que o documento comece a ser emitido em março.

IPVA em até 12X

Foi sancionada na sexta-feira (24), pelo governador Carlos Moisés (PSL), a lei que permite aos catarinenses parcelar o IPVA e multas em até 12 vezes em Santa Catarina. Agora, o governo tem um período para regulamentar o novo modelo de cobrança. De acordo com a proposta, a medida vai beneficiar milhares de pessoas que acabam tendo o carro apreendido por não conseguirem pagar o imposto em dia. Além disso, o projeto vai reduzir a inadimplência e aumentar a arrecadação do Estado. Atualmente, a legislação catarinense permite o parcelamento em até três vezes.

Débitos do IPVA

Segundo a lei sancionada, “os débitos decorrentes do IPVA, das multas aplicadas e demais débitos relativos ao veículo poderão ser pagos à vista, por meio do cartão de débito, ou parcelados, no cartão de crédito, ela até 12 vezes, com a imediata regularização do veículo.” Porém, não podem ser pagas de forma parcelada as dívidas de anos anteriores e que estão na dívida ativa, multas aplicadas por outros órgãos e de carros licenciados em outro Estado.

Pior nota

O Brasil caiu uma posição e repetiu sua pior nota no ranking mundial de percepção de combate à corrupção, elaborado pela Transparência Internacional, em 2019. Ao registrar 35 pontos, o país igualou a nota de 2018, sua mais baixa da série histórica iniciada há sete anos, e ficou em 106º lugar em uma lista de 180 nações – na mesma posição de Albânia, Argélia, Costa do Marfim, Egito, Macedônia e Mongólia, e atrás de vizinhos latino-americanos, como Argentina (66º), Cuba (60º) e Colômbia (96º). A colocação do país no Índice de Percepção da Corrupção (IPC) caiu pelo quinto ano seguido. Em 2018, o Brasil era o 105º.

Topo

No topo da lista, estão Dinamarca, Nova Zelândia e Finlândia, os países considerados menos corruptos por seus cidadãos. Já com as notas mais perto de zero, e avaliados como menos íntegros, estão Síria, Sudão do Sul e Somália. Na América do Sul, os piores postos ficam com Nicarágua (161º), Haiti (168º) e Venezuela (173º). Entre os aspectos analisados pelo índice, estão propina, desvio de recursos públicos, nepotismo, excesso de burocracia e capacidade de governos para conter a corrupção.

BNDES

O BNDES gastou R$ 48 milhões em uma auditoria interna para abrir a “caixa-preta” das operações com a JBS – mas, para a surpresa de todos os envolvidos, o estudo multimilionário não encontrou nenhuma irregularidade no banco. Com o resultado do relatório, na contramão de investigações do TCU, do MPF e da câmara, o presidente do banco, Gustavo Montezano, ficou de prestar explicações ao governo federal quanto ao resultado – e quanto ao custo – segundo reportagem do Estado de São Paulo.

SPC

Cerca de metade dos consumidores brasileiros ficaram com o “nome sujo” no SPC durante os últimos 12 meses, segundo pesquisa divulgada nesta terça-feira (28) pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). 48% dos consumidores tiveram o CPF negativado nos últimos 12 meses em razão de dívidas em atraso.

Ações da WEG

A WEG continua a dar bons resultados para seus investidores: na semana passada, as ações da empresa fecharam em seu maior valor histórico, cruzando a linha dos R$ 40 por volta do meio-dia da última sexta-feira (24) e seguindo em alta ao longo do dia, encerrando a semana em R$ 41,43. Na segunda-feira (27), as ações estavam em estabilização na faixa dos R$ 41.

Contas externas

O déficit nas contas externas do país atingiu US$ 50,762 bilhões contra US$ 41,540 bilhões em 2018. É o pior resultado em quatro anos, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira (27) pelo Banco Central.

Inflação em queda

As instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) reduziram a estimativa para a inflação este ano. A projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA – a inflação oficial do país – caiu de 3,56% para 3,47%.

A informação consta no boletim Focus, pesquisa semanal do BC, que traz as projeções de instituições para os principais indicadores econômicos.

Mal-estar

A perda do recurso para a construção do Portal Turístico (R$ 270.000,00), gerou um grande mal-estar entre o Alto Escalão do Prefeito João (PSD). Segundo uns passarinhos, se antes o Secretário de Turismo e Esporte Adilson Oliveira (PDT), e o Secretário de Infraestrutura Juliano Millnitz (PSD), não se entendiam muito bem, agora definitivamente evitam sentar lado a lado nas reuniões de gabinete.

Mal-estar – II

Juliano Millnitz (PSD), que sempre se vangloriou de projetar o Portal Turístico e de acompanhar o projeto, inclusive fazendo menção nas redes sociais, agora afirma que não estava acompanhando a documentação para recebimento do recurso, pois a secretária de obras possui muito trabalho, e que isto era serviço do setor responsável, ou seja, turismo de Adilson Oliveira (PDT).

Mal-estar – III

A passarinhada comentam que o Secretário de Turismo e Esporte Adilson Oliveira (PDT) comentou que este projeto era “todinho” acompanhado pelo secretário Juliano (PSD), e desde que assumiu o cargo de Secretário (01/08/2019) não chegou nem perto do projeto. Aliás do tão falado “Parque da Família” também não é de sua autoria, apesar de ser o Secretário responsável pelo Lazer na cidade.

Mal-estar – IV

A passarinha toda eufórica, comentaram que também não anda muito bom o casamento político entre Kutcha (PSDB) e Maravilha (PSD), pois com a indicação de Donato Menestrina (amigo pessoal do Tucano) para ser o Presidente da Águas de Corupá, ficou visível que o PSD perdeu espaço no governo de prefeito João também do PSD. Maravilha comentou nos bastidores que o partido não foi consultado e que ele como presidente do PSD ficou sabendo depois do convite ter sido aceito. Cada coisa!

Mal-estar – V

Ainda os mesmos passarinhos cantarolaram que o presidente do PSD Maravilha “anda com a faca entre os dentes”, pois não gosta nem um pouco da aproximação e influência que o Kutcha (PSDB) vem exercendo na prefeitura, principalmente quando o assunto é indicar cargos comissionados (sem filiação, mas com amizade tucana). Eis que é o presidente defendendo o seu partido e filiados.

Revoltados

Assim se define os comentários entre os Vereadores do MDB com a perca do recurso (R$ 270.000,00) do Portal Turístico, afinal o recurso proveniente do Ministério do Turismo foi conquista direta do Ex-Deputado Mauro Mariani (MDB). Além de revoltados estão preocupados com outros recursos e emendas que já estão em fase final de documentação. Tem vereador MDBista querendo convocar Secretário Municipal para dar explicações na Câmara. Aguardamos…