Publicidade

Boca Livre – 20/03/2020

Boca Livre – 20/03/2020

Área de lazer

Voltou o tema na sessão da Câmara de Vereadores de Corupá a dita cuja área de lazer da rua Domingos Salvador. O Vereador Felipe explicou que pista de barro é feita a manutenção pelos praticantes da modalidade a qual modelam para que maior velocidade possa ganhar no momento. Indignado o vereador Alaor desabafou quanto a situação do local, “não é possível que isso esteja daquela forma, totalmente abandonada pela prefeitura e sim, a manutenção é do poder público e não dos praticantes, …….. ainda bem que alguém cortou aqueles ferros expostos……. o local não tem nenhuma segurança, nem corrimão e nem limpeza ………. que fechem com uma cerca para não causar mais acidentes ……… se na minha empresa não tiver itens de segurança como é o caso do corrimão sou notificado …….. para mim já deu …….

Área de lazer II

Esse tema das áreas de lazer já foi imensamente “batido”, mas até o momento nada de resolver. Gostaria de saber se a obra – que ainda não está finaliza e teremos que acender as velinhas – tem engenheiro responsável e ART. Ou é somente capricho do secretário? E a Defesa Civil, poderia tomar as providências. Ou também vai ficar nos caprichos? O caso é sério de segurança!

Saiu o vice?

Em um risoto promovido pelo presidente do PDT e Secretário de Turismo de Corupá, Adilson Oliveira, no último sábado na Sociedade XV de Novembro, muitas fotos rolaram nas redes sociais e uma delas chamou a atenção. Hediberto Berthelsen, Everaldo Mokwa e Kutcha em um abraço muito empolgante e os ânimos estavam já altos, se você me entende. Qual deles será o vice na chapa do Marcelo Gonçalves PSD?

Saiu o vice? II

Tem um nome ali no meio que fica a dúvida se realmente poderá ser candidato nas próximas, após investigação do MP por ato de improbidade administrativa a qual envolve até um clube de motos da Capital Catarinense da Banana e seu ex-presidente.

Saiu o vice? III

E vocês sabem o que é ato de improbidade administrativa a qual esse político está sendo investigado? A improbidade administrativa é definida como uma conduta inadequada, praticada por agentes públicos ou outros envolvidos, que cause danos à administração pública. Previstas na Lei n. 8.429/1992, conhecida como Lei de Improbidade Administrativa (LIA), as ações de improbidade podem se manifestar em três formas de atuação: Enriquecimento ilícito; Atos que causem prejuízo ao erário e Atos que violem os princípios da administração pública.

Associações

As Associações Empresariais de Corupá e Jaraguá do Sul, suspenderam os seus atendimentos, no momento os trabalhos estão sendo realizados no sistema home office. Medida que atende ao Decreto estadual para conter o coronavirus. Em Corupá a medida também atingiu o jantar de posse da nova diretoria que seria realizado no dia 31 deste mês no Seminário e agora foi cancelada.

Banco solar

O Banco do Brasil (BB) tornou-se a primeira instituição de administração pública do país a ter a própria usina de energia solar com o objetivo de abastecer as próprias agências. Com capacidade de geração de 14 gigawatts-hora (GWh), o BB inaugurou, na última quinta-feira (12) a usina de energia solar de Porteirinha, no norte de Minas Gerais.

Eleição em 2022

O Coronavírus pode gerar uma grande mudança no calendário eleitoral brasileiro. Começa a ganhar força em Brasília, a defesa do cancelamento das eleições deste ano e a transferência do pleito municipal para 2022, quando seriam realizadas as eleições gerais. O assunto promete ganhar força, já que deputados de vários estados já se mostraram favoráveis a ideia. O entendimento é de que dependendo do quanto durar a crise do Coronavírus, que não haverá tempo hábil para as campanhas.

Também na esfera federal

O deputado federal, Carlos Chiodini (MDB), protocolou ontem em Brasília, dois Projetos de Lei que beneficiam pessoas físicas, Microempreendedores Individuais (MEIs) e Micro Empresas em relação à cobrança de água, luz, coleta de lixo e telefone. Pela proposta, os serviços em todo o país não poderão ser suspensos por falta de pagamento. Além disso, Chiodini pede a suspensão da cobrança nas praças de pedágio do país durante a epidemia do Coronavírus. A cobrança dos serviços poderá ser feita posteriormente.

INSS de Jaraguá

Para quem tem agendado atendimento junto ao INSS de Jaraguá do Sul, ou de qualquer outra cidade, os atendimentos estão cancelados até a próxima quarta-feira conforme o Decreto 515 do Governo do Estado de Santa Catarina. A quem possui horário agendado, não se dirija até a Agência, pois estará fechada. O INSS fará o reagendamento e os segurados devem, nos próximos dias, ligar na Central 135 ou consultar o site Meu INSS para informações sobre a nova data.

No MDB de Corupá

Homem segurando placa de vidro

Descrição gerada automaticamente

A professora Clarice Judacefsky e seu marido Joaquim de Lima, assinaram no última terça-feira (17), a ficha de filiação no MDB, na abonação da ficha do casal foi feita pelo ex-prefeito Luiz Carlos Tamanini. Clarice é professora de carreia na rede municipal e esteve a frente do CEJA de Corupá em sua implantação.

Além da professora Clarice Judacefsky como pré-candidata nas eleições deste ano, o MDB deverá de ser um dos partidos com mais representação feminina dentre os 14 nomes na disputa do legislativo.

Segundo informações o MDB de Corupá, teria uma lista com 30 nomes para pré-candidatos, dentre eles 50% seria mulheres. A intenção seria lançar 07 mulheres das 14 vagas que o partido tem para a eleição de outubro. Seria uma verdadeira renovação na política corupaense.

Livros escolares novos foram para o lixo

Uma imagem contendo no interior, pequeno, mesa, quarto

Descrição gerada automaticamente

Livros novos enviados pelo MEC de 1ª a 5ª ano das escolas municipais. No total foram 4760 livros descartados.

Recebi esta foto (e muitas outras) de um leitor do JDC a qual denuncia a falha da Secretaria de Educação de Corupá. Segundo a fonte são livros didático enviados pelo MEC para as escolas municipais (gratuitos) para serem utilizados durante o ano letivo de 2020.

Mas como o município resolveu em 2018 utilizar o ensino Positivo, esses livros foram “descartados” de uma certa forma. Acontece que a secretaria deveria de ter cancelado o envio pelo MEC, mas não o fez.

Ao total, em 2020, são de 4760 livros: matemática, português, ciências, geografia, história, dentre outras matérias, que foram ou vão ser enviados para a reciclagem. Livros novos para o “lixo”, sem ter sido usado. E o pior disso tudo que foi e está sendo gasto recursos públicos para ensino Positivo. Ressalto que não estou desmerecendo a Positivo e sim o fato de estar descartando material de qualidade.

A denúncia, por essa fonte, agrava mais ainda quando ela descreve que vem acontecendo isso nos anos anteriores, portanto é o terceiro ano da falha. Lastimável!