Publicidade

Publicidade

Município de Jaraguá do Sul aguarda a chegada de 2 mil testes para a Covid-19

Município de Jaraguá do Sul aguarda a chegada de 2 mil testes para a Covid-19

A prioridade será atender os profissionais de Saúde que estão na linha de frente do combate contra o novo coronavírus

A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Jaraguá do Sul adquiriu 2.000 kits para fazer os testes rápidos para detecção do Covid-19. O material já deveria ter chegado ao Município, mas há dificuldade na entrega em todo país.

Segundo o secretário de Saúde, Alceu Moretti, a compra foi realizada por meio do consórcio Cisnordeste. Jaraguá do Sul também receberá uma remessa do Estado, mas ainda sem prazo e nem quantidade definida.

Moretti destaca a necessidade das equipes de saúde terem acesso à testagem e explica que é o médico quem decide quando o paciente tem necessidade de ser avaliado. Em Jaraguá do Sul, até o momento, 19 casos de coronavírus foram confirmados, outros 103 testes deram negativo. “Precisamos lembrar que agora é uma temporada comum de gripe. E não dá para testar todo mundo, até porque sabemos que a maioria dos casos vai ser de gripe. Nos casos de sintomas leves, as nossas equipes fazem a avaliação e a recomendação é o isolamento”, lembra o secretário. 

Moretti explica ainda que não faltam recursos para aquisição de mais testes. “Temos recurso, poderíamos comprar mais. Mas os testes não chegam. O mundo todo está comprando e é uma coisa nova, há dificuldade até na certificação”, detalha. 

Por isso, ressalta a gerente de Saúde Fabiane da Silva, é importante que a população mantenha os cuidados como distanciamento, comportamento fundamental nesse momento.  “Sempre que não for extremamente necessário, é importante que as pessoas fiquem em casa. Quando forem sair, mantenham o uso de máscara. A higiene das mãos tem que ser frequente. Essas são as formas que temos para manter o controle da curva de contaminação. Não é momento de reuniões sociais e nem de achar que a vida voltou ao normal”, alerta.

Fabiana destaca que assim que os testes chegarem será elaborado um fluxograma para organizar como será feita esta testagem e para qual público. “Mas adiantamos que a prioridade são os profissionais de Saúde que estão na linha de frente do combate à Covid-19”, concluiu.