Publicidade

Oktoberfest Blumenau 2020 é adiada para novembro

Oktoberfest Blumenau 2020 é adiada para novembro

Decisão final sobre realização da festa só será tomada em agosto

Na última sexta-feira(29), o prefeito de Blumenau-SC, Mário Hildebrandt, anunciou que a Oktoberfest 2020 deve ser realizada de 11 a 29 de novembro, devido a pandemia do novo coronavírus. A confirmação, no entanto, deve ficar para agosto, após uma nova análise do cenário de contaminação verificado na cidade, mas já adiantou que deverá ser definido qual o melhor formato para a Oktoberfest, com o objetivo de garantir a segurança do público, “A população pode ficar tranquila, porque a saúde é prioridade. Se em agosto verificarmos que não será seguro realizar a festa, faremos o seu cancelamento.”, ressalta Hildebrandt.

Com quase seiscentos mil visitantes no ano passado, e uma receita próxima a R$ 300 milhões, a Oktober é a maior festa popular brasileira e a segunda do gênero no mundo. A economia já castigada tanto de Blumenau quanto de Santa Catarina, deverá sofrer um duro golpe caso a festa realmente seja cancelada.

Oktoberfest alemã

Diferente do Brasil, a Alemanha se posicionou em definitivo e decidiu não realizar a maior festa da cerveja do mundo em 2020. Embora o início da Oktoberfest de Munique só estivesse previsto para 19 de setembro, Markus Söder, o primeiro-ministro do Estado da Baviera, declarou que o festival não será realizado este ano. “Analisando a atual situação, não consigo imaginar que um evento tão grande seja viável nessa altura”, disse Söder.

O prefeito de Munique, Dieter Reiter, também lamentou o cancelamento, mas explicou que a “maior festa popular do mundo” não teria como ser realizada. “Nós recebemos em torno de dois milhões de visitantes estrangeiros, temos um festival no qual as pessoas se sentam perto umas das outras.” Na Alemanha, outros eventos do segundo semestre também foram cancelados para evitar aglomerações; entre eles, a Maratona de Berlim, que estava marcada para 27 de setembro. A decisão das autoridades alemãs é de que enquanto não houver uma vacina ou remédio contra o vírus, o cuidado deve ser redobrado.