Publicidade

Publicidade

Cooper Rio Novo inaugura unidade para fabricação de biomassa da banana e produtos derivados

Cooper Rio Novo inaugura unidade para fabricação de biomassa da banana e produtos derivados

Na tarde de sexta-feira, dia 25, a Cooper Rio Novo, deu mais um passo importante na comercialização do principal produto das famílias agricultoras do município, a inauguração da unidade de processamento da biomassa de banana e também da padaria onde será industrializada a biomassa na fabricação de pães, bolos e bolachas.

A nova unidade está instalada junto a sede da Cooperativa, na localidade da Guarajuva, e de início já emprega oito associados, mas com prospectivas para dobrar esse quadro.

Segundo Valmor Raul do Farias, presidente até então da cooperativa, os investimentos atingiram os 350 mil reais por parte dos associados e 45 mil reais são através de financiamento do Programa SC Rural do governo do Estado.

No ato estiveram presente diversas autoridades como: prefeito municipal João C. Gottardi, e vice Arno C. Neuber, secretário de Desenvolvimento Sustentável do Estado Carlos Chiodini, o deputado estadual Vicente Caropreso, o secretário da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Jaraguá Leonel Pradi Floriani, o presidente da Câmara de Corupá Wilson Gessner, vereador Alceu Moretti, presidente da Asbanco Adolar Benk, a secretária executiva da Asbanco Eliane Müller, coordenador de Operações, Infraestrutura e Desenvolvimento Sustentável do Banco Mundial Paul Procee, o secretário executivo do SC Rural Júlio Bodanese, representantes da Epagri, de empresas de Corupá e região e associados da Cooper Rio Novo.

Iniciativa

A ideia de montar uma unidade de fabricação da biomassa de banana e aproveitar esta matéria-prima para fabricar pães, bolos e bolachas surgiu do jovem agricultor Andrei Dias, de 25 anos, associado da Cooper Rio Novo.

Tudo iniciou após um curso de gestão e empreendedorismo na Epagri e com a ajuda do primo Elisson Dias e do engenheiro agrônomo da Epagri George Livramento, a ideia virou um projeto e saiu do papel graças a confiança dos integrantes da diretoria e associados da cooperativa.

Segundo o presidente da Cooper Rio Novo Valmor Raul do Farias, a confiança nos jovens para melhorar e incrementar a agricultura é que fez com que este projeto de montar uma unidade de fabricação da biomassa e de produtos à base dela fosse colocado em prática. “A cooperativa agrega ainda mais valor à banana produzida em Corupá e além disso, valorizamos as ideias e projetos de nossos jovens fazendo com que vejam na atividade agrícola um meio lucrativo e prazeroso e permaneçam no campo”, comenta Valmor. Todo o equipamento a ser utilizado na unidade para fabricar a biomassa da banana foi feito exclusivamente para este fim, portanto, segundo Valmor de Farias, não pode ser fotografado para divulgação.

Produtos nos supermercados

Segundo Valmor Raul do Farias, a Cooper Rio Novo já está preparando a comercialização dos produtos nos comércios do município, mas também com foco para a região. “Queremos levar o nosso produto para toda a região com a nossa marca e qualidade, mas primeiro precisamos reforçar aqui, para depois ir trabalhando para fora. Teremos vários itens para comercializar, como pães, bolos, bolachas e outros que também podem ser desenvolvidos”, explica.

Nova diretoria

Antes da inauguração oficial da unidade, aconteceu a posse da nova diretoria da Cooper Rio Novo. No lugar de Valmor de Farias que ficou como vice-presidente, assumiu Edgar Heil Voicekowski.