Publicidade

Publicidade

Curso de costura forma 17 profissionais em Corupá

Curso de costura forma 17 profissionais em Corupá

A Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação de Corupá em parceria com o Senai de Jaraguá do Sul, realizaram na terça-feira (27) a formatura de 17 mulheres que participaram do curso de qualificação profissional para costureiro de máquina reta e overloque realizado de novembro do ano passado a fevereiro deste ano, na Escola Municipal São José, em Corupá. A formatura ocorreu na Câmara de Vereadores do município e contou com a presença do prefeito João Carlos Gottardi, do presidente da Câmara Wilson Gessner, da secretária municipal Assistência Social, Trabalho e Habitação Jussara de Carvalho, da representante da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Ana Carolina Gabriel e dos representantes do Senai: coordenador de cursos Julio Domingos, do coordenador de Educação Profissional Diego Galvan de Oliveira e as professoras Elisane Haas e Ignês Deschamps.

O curso foi gratuito e foi direcionada à pessoas que estão cadastradas na Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação de Corupá.

O prefeito João Carlos Gottardi elogiou a iniciativa de parceria entre a Prefeitura e o Senai para a realização do curso e parabenizou as participantes. “Esta foi uma excelente oportunidade para quem procura uma vaga no mercado de trabalho de se profissionalizar e também de quem tinha vontade de aprender um novo afazer. Pretendemos manter a parceria com o Senai e trazer mais cursos profissionalizantes para a população de Corupá”, comenta.

O presidente da Câmara Wilson Gessner ressaltou que cursos como este de costura abrem portas para os que se formaram, ainda mais na região em que há uma grande quantidade de empresas têxteis.

Segundo a secretária de Assistência Social Jussara de Carvalho, o curso para costureiro teve uma boa procura em Corupá e além disso, trata-se de uma excelente oportunidade para quem busca uma vaga no mercado de trabalho. “O curso de costura do Senai é tão completo que logo que já haviam empresas interessadas em empregar as pessoas que se formarem este ano”, comenta Jussara.

A professora Elisane Haas explica que o curso ministro foi bem completo, habilitando as alunas para trabalhar em empresas têxtis da região. As aulas contaram com apostilas completas, máquinas, fios e tecidos para aprender todos os passos da costura. Além disso, a turma do curso também foi bem eclética, com a participação de jovens a idosas como foi o caso da dona Sylvia Ritter, de 78 anos, a mais experiente da turma.

Fonte: PM Corupá – Áurea J. Arendartchuk