Publicidade

Três municípios do Rio Grande do Sul ganharão unidades do Brasil em Campo

Três municípios do Rio Grande do Sul ganharão unidades do Brasil em Campo

O complexo esportivo tem o objetivo de democratizar o acesso a equipamentos de qualidade, bem como estimular a prática de atividades físicas

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, esteve na cidade de Bagé (RS) para formalizar a assinatura de Acordos de Cooperação Técnica com três municípios gaúchos para a construção de unidades do projeto Brasil em Campo. Os complexos contam com equipamentos esportivos e paradesportivos e têm o objetivo de democratizar o livre acesso a estruturas esportivas de qualidade para a população. Além de Bagé, serão contempladas as cidades de Quaraí e Rio Grande.

“O Brasil em Campo traz para a região um equipamento extraordinário. O esporte transforma vidas, capacita pessoas, trabalha a convivência em grupo e exige disciplina”, destacou o ministro. “Temos o sonho de que as crianças brasileiras não sejam campeãs apenas em seus esportes, mas que possam ser campeãs também na vida. E é justamente isso que buscamos com esse projeto.”

O Brasil em Campo pode ser executado em dois modelos: de 24 mil m², com investimento de R$ 1,2 milhão, e de até 12 mil m², cujo investimento requer R$ 750 mil. Ambos contam com infraestrutura 100% acessível e sustentável. Estima-se que cerca de 120 mil pessoas sejam beneficiadas pela versão completa do projeto.

A construção é feita com recursos de emendas parlamentares e é de responsabilidade do Ministério da Cidadania. Os terrenos devem ser cedidos pelo município interessado, já terraplanados, cercados e iluminados. Depois de pronto, o projeto fica a cargo das gestões locais e de empresas interessadas em explorar o espaço, que será compartilhado com turnos escolares de segunda a sábado.

Fonte: Ministério da Cidadania