Publicidade

Publicidade

PSL PERDE SEU COORDENADOR NA SERRA

PSL PERDE SEU COORDENADOR NA SERRA

Coordenar regionalmente e articular o PSL na Serra Catarinense para a disputa eleitoral deste ano foram alguns desafios atribuídos ao professor Armando Göcks que encarou a tarefa dialogando com lideranças e buscando agregar nomes para o projeto de 2020. Bem sintonizado no cenário político e com boa relação com o presidente estadual da sigla, deputado Fábio Schiochet, Göcks clareou a situação em muitos municípios. Com isso, independente da saída de Bolsonaro da sigla e dos desgastes recentes do governador Moisés, o PSL consolidou nomes para a disputa.

Alegando não se sentir à vontade para continuar dentro do PSL, o professor Armando Göcks deixa o partido afirmando que sua decisão nada tem a ver com as polêmicas que envolvem o governador, até porque acredita na lisura do líder maior da sigla. Assim, o coordenador regional do PSL comunicou ao presidente estadual da sigla que está se recolhendo da missão.

Fonte: Edson Varela (Lages e Serra Catarinense)